Marcadores principais

Resenha: Todo Dia, de David Levithan

13.5.14

Título: Todo Dia
Autor: David Levithan
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 280
Sinopse: Neste novo romance, David Levithan leva a criatividade a outro patamar. Seu protagonista, A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrar a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor.
Livro no: Skoob - Orelha de Livro.


Como seria se você não fosse corpo, apenas mente? Se acordasse todos os dias no corpo de uma pessoa qualquer da sua idade, menino ou menina, e tomasse a vida dela emprestada por um dia? Pessoas lindas, e feias também. Gente legal, gente chata. Usuários de drogas ou não. Heterossexuais ou não. E por aí vai: uma infinidade de opções. Essa é a vida de A.

O ser A (digo ser porque A não possui gênero definido) tem 16 anos, não conheceu seus pais, nunca teve uma família, amigos, uma vida, um corpo próprio. Ele não vive, ele existe. Simplesmente pega vidas emprestadas por um dia, e tenta, ao máximo, não causar nenhuma mudança na vida das pessoas cujos corpos habita. Apenas segue a rotina do corpo. Mas isso foi até acordar no corpo de Justin, conhecer sua namorada Rhiannon e se apaixonar por ela.

A sabia muito bem que não deveria se apaixonar, porque jamais conseguiria levar uma vida ao lado de alguém. Mas desde que conheceu Rhiannon, A passou a tentar se encontrar com ela todos os dias, mesmo sendo sempre uma pessoa diferente. Simplesmente tornou-se impossível controlar o que sentia.
“Que história é essa sobre o instante em que você se apaixona? Como uma medida tão pequena de tempo pode conter algo tão grande? De repente, percebo por que as pessoas acreditam em déjà vu, por que acreditam em vidas passadas; porque não há meio de fazer com que os anos que passei na Terra sejam capazes de resumir o que estou sentindo. O momento que você se apaixona parece carregar séculos, gerações atrás de si - tudo isso se reorganizando para que essa intersecção precisa e incomum possa acontecer. Em seu coração, em seus ossos, por mais bobo que saiba que é, você sente que tudo levou a isso, que todas as flechas secretas estavam apontando para este lugar, que o universo e o próprio tempo construíram isso muito tempo atrás, e agora você acaba de perceber que chegou ao lugar onde sempre deveria ter estado.” 
♦ Página 25.
O foco da história de Todo Dia é o romance entre A e Rhiannon. Mas, ao mesmo tempo, o foco também são as pessoas. As tão diferentes, e ao mesmo tempo tão iguais, pessoas do planeta terra. Por conta disso, esse é um ótimo livro para quebrar preconceitos. Infelizmente, a história tem algumas pontas soltas e um final que eu achei decepcionante. Mas, apesar dos defeitos, eu amei Todo Dia! Super recomendo!
























“Todos nós temos mistérios, especialmente quando vistos pelo lado de dentro.”
♦ Página 8.
Classificação: 
Um beijo, Taís K.

16 comentários:

  1. Já perdi a conta de quantos comentários maravilhosos ouvi e li sobre esse livro. Todavia... ainda não criei coragem para lê-lo. Sim, coragem, porque, se eu já fico agoniada quanto coisas acontecem para separar um casal em alguma história, imagina só com a realidade de A... É frescura minha, eu sei, mas eu tenho certeza de que a história seja profunda e traga ótimas reflexões sobre preconceitos - o que eu, particularmente, acho idiotice que ainda existe nos dias de hoje, será que as pessoas não podem parar de querer se intrometer ou dar palpite sobre a vida alheia e cuidar da própria? Mas ainda pretendo lê-lo, um dia. Só preciso, também, me preparar para acompanhar a história. E, ah, sobre o final, ouvi, certa vez, que o autor planeja uma sequência, com a Rhiannon no papel principal. Não sei se ainda procede, mas é o que lembro de ter ouvido.
    Beijos... e ótima resenha, Taís, como sempre, sua linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Frescura nada! A história é realmente profunda e cheeeeia de reflexões. Também acho preconceitos umas idiotices, e não consigo acreditar que eles ainda existem =/
      Tomara que isso seja verdade! ^^
      Obrigada, Sâmmy, sua diva! u.U
      Beijos ♥

      Excluir
  2. Eu já ouvi falar sobre esse livro, e confesso que tenho muita vontade de lê-lo ^^
    Deve ser super estranho acordar em um corpo novo todo dia.
    Amei a resenha ^^
    Beijoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia, é um ótimo livro! ^^
      Sim, muito estranho com certeza.
      Obrigada! ♥
      Beijos =)

      Excluir
  3. Quero muito ler já faz um tempo.
    Rhiannon? Que nome hein.. hehe'

    Beijos ♡♥
    Meu jardim Secreto
    Facebook | Twitter | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né? É um nome tããão maravilhoso ♥ (ironia detectada)
      Beijos =)

      Excluir
  4. Que saudade que eu tava daqui *---*
    Já pensou se isso existisse mesmo? Que louco!
    Assim as pessoas na verdade veriam como são a vida e a rotina das pessoas de verdade, com todas essas redes sociais, ninguém conhece ninguém de verdade!
    Me deu uma enorme de ler esse livro, vai pra lista!

    Beijos, Tifane ♥
    http://coisinhasdegarotas99.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tifane! Saudades de você, menina! ^^
      Né? Doido demais!
      Sim, as pessoas conheceriam os defeitos e problemas dos outros, conheceriam quem eles são de verdade, e não apenas o lado de suas vidas e personalidade que preferem mostrar.
      Leia, você vai adorar!
      Beijos ♥

      Excluir
  5. A sua resenha ficou tão linda e eu adorei essa história. Diferente de tudo que já li. Ele é espírita ou só uma história normal?
    Vou adicionar a minha meta! Estou bem curiosa para ler!

    http://enquantoachuvadissolveacidade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! É diferente de tudo que eu já li também. Só uma história normal :)
      Leia sim! Você vai gostar, tenho certeza.

      Excluir
  6. Nossa fiquei super intrigada, preciso ler esse livro! A ideia central do livro é diferente dos romances que estamos acostumadas a ler e estou super curiosa para ver como o autor trabalho com essa construção de um único personagem dentro de pessoas tão distintas. Amei sua resenha Taís, vou ler o livro por sua causa haha
    Beijinhos ;*

    http://princesas-adoradoras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei feliz em saber que você vai ler esse livro maravilhoso por causa da minha resenha, Thaís! ^^ Hehe' A forma como o autor conseguiu representar tantos personagens em um só é sensacional.
      Obrigada!
      Beijos ♥

      Excluir
  7. Esse livro acabou de entrar em minha listinha de leitura. Adorei <3. Eu particularmente sou um pessoa totalmente sem preconceitos, e acho que amaria esse livro.
    Ótima resenha.

    Um beijo.
    psicot-i.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai adorar ler esse livro, Minn, tenho certeza! ^^
      Obrigada!
      Beijo! ♥

      Excluir