Marcadores principais

Resenha: A menina que roubava livros

2.8.13




Título: A menina que roubava livros.
Autor: Markus Zusak.
Editora: Intrínseca.
Número de páginas: 480.
Sinopse: Entre 1939 e 1943, Liesel Meninger encontrou a Morte três vezes. E saiu suficientemente viva das três ocasiões para que a Própria, de tão impressionada, decidisse nos contar sua história. História que, nas palavras dirigidas ao leitor pela ceifadora de almas no início de A menina que roubava livros, "é uma dentre a pequena legião que carrego, cada qual extraordinária por si só. Cada qual uma tentativa - uma tentativa que é um salto gigantesco - de me provar que você e a sua existência humana valem a pena".
Essa mesma conclusão nunca foi fácil para Liesel. Desde o início da vida de Liesel na rua Himmel, numa área pobre de Molching, cidade desenxabida próxima a Munique, ela precisou achar formas de se convencer do sentido da sua existência. Horas depois de ver seu irmão morrer no colo da mãe, a menina foi largada para sempre aos cuidados de Hans e Rosa Hubermann, um pintor desempregado e uma dona de casa rabugenta. Ao entrar na nova casa, trazia escondido na mala um livro, "O Manual do Coveiro". Num momento de distração, o rapaz que enterrara seu irmão o deixara cair na neve. Foi o primeiro de vários livros que Liesel roubaria ao longo dos quatro anos seguintes.
E foram estes livros que nortearam a vida de Liesel naquele tempo, quando a Alemanha era transformada diariamente pela guerra, dando trabalho dobrado à Morte. O gosto de rouba-los deu à menina uma alcunha e uma ocupação; a sede de conhecimento deu-lhe um propósito. E as palavras que Liesel encontrou em suas páginas e destacou delas seriam mais tarde aplicadas ao contexto a sua própria vida, sempre com a assistência de Hans, acordeonista amador e amável, e Max Vanderburg, o judeu do porão, o amigo quase invisível de quem ela prometera jamais falar.
Há outros personagens fundamentais na história de Liesel, como Rudy Steiner, seu melhor amigo e o namorado que ela nunca teve, ou a mulher do prefeito, sua melhor amiga que ela demorou a perceber como tal. Mas só quem está ao seu lado sempre e testemunha a dor e a poesia da época em que Liesel Meminger teve sua vida salva diariamente pelas palavras, é a nossa narradora. Um dia todos irão conhece-la. Mas ter a sua história contada por ela é para poucos. Tem que valer a pena.


Depois de ler algumas resenhas positivas na internet, resolvi embarcar na leitura de A menina que roubava livros, e posso afirmar que, sem dúvida nenhuma, entrou na minha listinha de livros favoritos. Inclusive acredito que nenhum outro livro que já li até o momento me emocionou tanto quanto esse, já que foi o primeiro livro que me fez chorar.

Como diz na sinopse, a história gira em volta de Liesel Meninger, e se passa na Alemanha Nazista, entre os anos de 1939 a 1943. Logo no começo do livro, ela vê seu irmão morrer e presencia seu enterro, onde rouba seu primeiro livro de nome O manual do coveiro, que o rapaz que enterrou seu irmão havia deixado cair no chão. Depois ela teve de se despedir para sempre da mãe biológica, que não tinha condições de cuidar de Liesel, e foi morar com sua nova família: Rosa e Hans Hubermann.

Durante o livro, acompanhamos a vida de uma garota com uma quantia meio grande de sofrimentos para a idade, vivendo sua vida em plena Segunda Guerra Mundial. Descobrimos o poder das palavras e como elas podem destruir ou salvar alguém.

Ha, e só pra constar: a história é narrada pela própria morte (por isso a frase "Quando a morte conta uma história, você deve parar para ler", na contra-capa), que se mostrou bem menos assustadora do que eu imaginava.

Os personagens são todos ótimos, tanto que me apeguei muito a eles durante a leitura. O pai adotivo de Liesel foi simpatia desde a primeira vez que apareceu nas páginas. Já com a mãe adotiva comecei a simpatizar depois de algumas páginas já lidas, mesmo sendo um tanto estressada, ela é super gente boa.
A mulher do prefeito, a melhor amiga de Liesel, que de certa forma a salvou, é uma mulher incrível. Max, o judeu que os pais de Liesel esconderam no porão, é um personagem ótimo, que possui várias dúvidas sobre sua sobrevivência, torci muito por ele ao longo do livro.

E também tem Rudy. Deixei pra falar sobre ele separado dos outros porque ele é especial.
Ele é o melhor amigo de Liesel, que cansou de irritá-la com os pedidos de beijos que fazia sempre que possível. A amizade dos dois é linda. A forma como Liesel descobre que o ama é linda. Mas ainda eram crianças, ainda era cedo para algum envolvimento desse gênero. Porém, graças a segunda guerra mundial, o cedo se tornou tarde demais para os dois.
Para ser sincera, estou até agora pensando na vida que eles talvez poderiam ter tido juntos se não fosse o Nazismo.
No começo, Liesel não conseguiu dizer nada. Talvez fosse a súbita turbulência do amor que sentiu por ele. Ou será que sempre tinha o amado? Era provável. 
- Página 448.
Acredito que todo mundo deveria ler A menina que roubava livros. Traz muitas reflexões e lições importantes. Lições que eu levarei pra vida.

Uma parte super fofa. ♥

Classificação:  
Espero que tenha gostado da resenha. E você, já leu A menina que roubava livros?

♦ Beijo grande e até a próxima postagem ♦

30 comentários:

  1. Awnnnnnnnnn, quero ler agora, cara *O* Deve ser demais >.<'

    Beijos,

    Juu-Chan do Nescau com Nutella.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É demais mesmo, suuuper recomendo! ^^
      Beijos ♥

      Excluir
  2. Deve ser muito bom. Quero ler :D
    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo incrível *O* Leia sim, acho que vai gostar u.U
      Beijos ♥

      Excluir
  3. Haha , Tenho um amigo que pegou emprestado na mão dá tia dele e depois ele vai me emprestar parece muuuito interessante =D
    moda-pormoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sortuda você! ^^ Que bom que vai poder lê-lo em breve, é incrível *0*

      Excluir
  4. OMG! OMG! Todo mundo diz que esse livro é otimo e só eu que ainda não li ele, ate a minha professora de historia ja me recomendou! Por causa daquela questão do livro se tratar da Segunda Guerra Mundial MEU DEUSS EU LER ELE.
    No momento eu estou lendo Crepúsculo pela 674564646.644º vez ASHUSAHUAHU
    Mais assim que eu terminar eu procurar-lo pra ler.
    Ontem eu fui na leitura ( shopping ) e eu o vi la na livraria e fiquei em duvida se eu comprava ele, mais esse livro e mt mt caro ai desisti ):

    2 beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo ótimo \O/ Acho que você vai gostar Tifane!
      Lendo Crepúsculo pela 674564646.644º vez? Normal! kkkk' Fazemos isso quando amamos um livro ♥
      Ele é meio caro mesmo :/ Eu peguei emprestado pra ler... Tomara que você consiga lê-lo também!
      2 Beijos =*

      Excluir
  5. Não sei bem o motivo, mas por um tempo eu andei com o pé atrás sobre esse livro; sei lá, acho que havia pensando uma história diferente, chata e algo do gênero, mas foi o meu erro ao não ler a sinopse desde a primeira vez. Agora, porém, depois de tantas iguais resenhas positivas sobre ele, estou realmente com vontade de iniciar a leitura, mas acho que preciso "me preparar" um pouco para a história, fiquei meio impactada demais desde que li "O Caminho para Casa" - igualmente maravilhoso, acredito - que eu não imaginava que seria tão tocante. A temática de Segunda Guerra Mundial, então, é que me instiga a ler também, gosto de debater à respeito.
    Beijos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, você fez um pré-julgamento meio precipitado, ao meu ver a história é ótima! Ainda bem que você mudou de ideia e está a fim de ler Sâmmy ^^ Acho que vai gostar bastante, principalmente da amizade fofa da Liesel e do Rudy.
      Eu estou com vontade de ler "O Caminho para Casa", li sua resenha e mais algumas, parece ser ótimo. E sim, se prepare. Eu mesma fiquei triste por vários dias pensando na história, mas é realmente muito tocante e maravilhosa.
      Também acho super legal debater e pesquisar sobre a Segunda Guerra Mundial, e esse é mais um motivo para eu ter gostado tanto do livro: ele conta a história de uma menina vivendo nesse ambiente de guerra, o foco do livro está na menina, mas a guerra afeta tudo de uma maneira impressionante.
      Em fim, espero que quando você se sentir preparada e resolver lê-lo, goste tanto quanto eu :D
      Beijos ♥

      Excluir
  6. Já tinha ouvido falar muito sobre esse livro, porém nunca li ele, porém ele parece muito bom >3<
    Ótima resenha!

    Beijos c; || mygoodies1.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo ótimo >.< Muito obrigada! Fico feliz que tenha gostado.
      Beijos ♥

      Excluir
  7. Minha melhor amiga, está lendo, me indicou, quero muuuito ler, adorei a resenha!
    Bonjour, Une Glacée ♥ I Retribui?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo, é ótimo ^^
      Muito obrigada! Fico feliz que tenha gostado.

      Excluir
  8. Minha amiga falou desse livro ontem mesmo e to morrendo de curiosidade de ler. Ela falou que é maravilhoso, que o único defeito é que ele dá bastante spoiler, mas mesmo assim, tô muito ansiosa hahah. Parece ótimo, ainda mais porque o fato de a morte contar, deixa tão mais interessante
    Beijos ♡
    Sim Senhorita (Clique aqui ou no perfil)
    @SiimSenhorita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo maravilhoso! Mas é verdade: a narradora da muuuitos spoilers durante o livro, o que deixa tudo mais... Hum... Diferente =P hehe!
      Tomara que você consiga ler logo ^^ E sim, a morte narrar deixa tudo mais interessante/original/legal/etc u.U
      Beijos ♥

      Excluir
  9. Amei a tua resenha, pq eu amo esse livro.
    Sério, já o li 2 vezes e não desisto enquanto eu não o tiver na minha estante, lindão, pronto para que eu o leia sempre que der vontade.

    A história ser narrada pela morte é algo único e incrível, e acho que todo mundo deveria ler este livro pelo menos uma vez na vida *-*


    http://confraria-cultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! Fico feliz que tenha gostado da resenha. Eu pretendo relê-lo algum dia, realmente amei a história! Também o desejo na minha estante u.U
      Com certeza! A morte narrar a história é algo muito legal, e todo mundo devia ler "A menina que roubava livros" sim, é muito incrível *----*

      Excluir
  10. Só de lembrar do livro meus olhos já se encheram de lágrimas... Melhor livro para quem ama ler, tem todos os ingredientes para se amarrar de vez no mundo literário! Sou grande fã do A Menina Que Roubava Livros, e conheço muita gente que não conseguiu lê-lo, seja por não gostar ou achar muito complexo. Sabe, penso que essas pessoas ainda não estavam prontas para ele quando tentaram lê-lo. Porque acredito nisso, que os livros nos chamam, eles nos falam o que devemos ouvir, e é isso que me faz cada dia procurar mais os meus "livros-metade".

    Att, Line
    Puta Merda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Melhor livro para quem ama ler, tem todos os ingredientes para se amarrar de vez no mundo literário!" sem dúvida Line! ♥
      Sim, também acho que essas pessoas não estavam prontas para a história, tomara que um dia consigam lê-lo e perceber a beleza que existe no livro "A menina que roubava livros".
      Super concordo com você! Os livros nos chamam e nos falam aquilo que devemos ouvir. ^^ Achar livros-metade que se encaixam nessa categoria é algo muito bom.

      Excluir
  11. Li ano passado, e dei a mesma nota que você. Esse livro é amor! ♥
    Chorei litros... e no final cada um tirou uma conclusão. Não vou falar muito para não dar spoiler rsrs'

    Kisses <3
    Meu jardim Secreto (ou clique no perfil)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza! Amor infinito ♥
      É praticamente impossível não chorar, né? Sim, sim, sem spoilers u__U ashaushaus"
      Beijos ^^

      Excluir
  12. Olá, eu sou a Beatriz e sou de Portugal.
    Tenho uma amiga que mora no Brasil que me aconselhou o Livro e vi agora no teu blog. Tenho-te a dizer que adoro o teu blog.
    Eu também tenho um, se quiseres visitar...
    http://suspirosdabea.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Beatriz! :D
      Esse livro é realmente ótimo! Siga o conselho da sua amiga, viu? Hehe!
      Obrigada! Vou visitar sim. ♥

      Excluir
  13. Minha mãe tem esse livro...depois de eu ler minha lista de livros que necessito ler vou lá roubar o livro dela hahahaha
    http://mygoodies1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma garota roubando o livro "A menina que roubava livros" - será destino ou mera coincidência? Ashuashaushaus'
      Roube sim, acho que vai gostar do livro u__U Hehe!

      Excluir
  14. esse livro parece ser muito bom♥
    ameei seu blog, sério, muito lindo! design diferente e único, amei amei tudo, principalmente o conteúdo. parabéns pelo blog! aliás, acabei de criar um blog, vc pode dar uma visitinha? adoraria vc por lá. aah, já estou seguindo seu cantinho lindoo (se puder retribuir ficarei bem feliz), estarei sempre por aqui, ok? bjos :*

    xoxo,
    isabellanani.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E é mesmo um ótimo livro ♥
      Muito obrigada >.< Fico feliz que tenha gostado do blog. Já vou acessar seu blog, beijos! ^^

      Excluir
  15. Ahhhh menina! me deixou com vontade de ler ele! Só uma dúvida... quantos anos tinha a Liesel?

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deixei é? Essa é a intenção! Muahahaha! #SouMá. Bem, ela começa o livro com 10 anos e termina com 13/14 (por aí).
      Beijos ♥

      Excluir